Google+ BROliveiraDIY: Pragas na horta, como lutar contra elas – Químico ou biológico?

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Pragas na horta, como lutar contra elas – Químico ou biológico?

Existem várias pragas que assolam os agricultores (mesmo os de meia-tigela como eu) e vou tentar falar um pouco disso e de como atuar quando surgem essas ditas pragas.
A infestação mais avassaladora é da mosca-branca. Insectos da ordem dos hemípteros, além de transmitir doenças (às couves) sugam a seiva das plantas, enfraquecendo-as e destroem as couves. A mosca-branca aparece com o tempo seco e quente e se não actuarmos de imediato, propaga-se muito rapidamente.
Existem várias soluções, químicas e não-químicas, mas aconselho a solução química a quem tem uma área bastante grande para defender destes bichinhos. Para quem tem uma horta pequena (as chamadas de hortas urbanas), usem as biológicas. São eficazes e mais seguras.
No entanto, o veneno mais indicado para a mosca branca é o Decis da Bayer (que também protege outras leguminosas).
Por outro lado, ficam aqui algumas soluções não-químicas, receitas caseiras com ingredientes que usamos diariamente e que ao fim de 2 dias têm o efeito pretendido  de fazer desaparecer os indesejáveis insectos.

Ainda antes de indicar as receitas caseiras, deixo a dica de que é muito importante cuidar e manter limpa a nossa horta, pois ervas daninhas, folhas velhas e restos de culturas proporcionam o ambiente perfeito para o surgimento destas pragas (mosca-branca, lesma, pulgões, etc). Limpe e use essas matérias para fazer composto.
Assim deixo as famigeradas “receitas caseiras” de insecticidas para alguns mosquitos indesejados

Mosca-branca

Receita 1: Juntar a 1 litro de água, 12 gotas de álcool e 3 colheres de sopa de detergente da louça e coloca-se num borrifador. Borrifar bem as couves, principalmente a parte de baixo das folhas.

Receita 2: Juntar a 2lts de água quente umas 50 gr sabão desfeito. Esta solução vai criar um tipo de barreira e o cheiro afasta as moscas. Depois, borrife as plantas, por cima e por baixo e é muito importante repetir o processo a cada três a quatro dias, devido a ser um repelente natural tem um desgaste rápido por causa das chuvas e sol. Quando borrifar, faça-o à noite para evitar que o sabão e o sol queimem a planta.

Pulgões: 
Macerado de alho - esmagar 10 dentes de alho em 2 litros de água e deixar descansar durante uns quinze dias. Misturar em 20 litros de água e pulverizar nas plantas atacada por pulgões.

Ácaros e pulgões: 
Bater 200 gramas de folhas de coentro no liquidificador com 1 litro de água e pulverizar as plantas. Combate ácaros (pequenos aracnídeos - da família da aranha) e pulgões (são insetos muito pequenos, geralmente sem asas, com 1 a 5 milímetros – atacam principalmente couves e repolhos).

Estas são apenas algumas receitas que existem para nós defendermos as nossas couvinhas dos bichinhos, mas o mais importante é manter a horta bem limpa para evitar o aparecimento das pragas! Uma horta limpa e tratada é bonito e dá mais prazer cuidar dela.

Até à próxima!

Enviar um comentário